O QUE É FORÇA VOLUNTÁRIA?

Força Voluntária é um projeto apoiado pelo Fundo de Reconstrução do ICOM – Instituto Comunitário da Grande Florianópolis e executado pelo Instituto Voluntários em Ação, em parceria com a Defesa civil e outras organizações, que visa mobilizar, organizar e capacitar grupos de voluntários para agir em situações de desastres em Santa Catarina. Veja como fazer parte do Força Voluntária: 1. Clique em “Quero me Cadastrar” e preencha o formulário com seus dados. 2. Ao finalizar seu cadastro, clique em “Quero participar do projeto Força Voluntária”. 3. Escolha a vaga para ser voluntário em seu município. Caso não more em Santa Catarina, você pode ajudar sendo conteudista do projeto. 4. Pronto. Você será convocado para participar das capacitações presenciais e online e futuramente estará preparado e apto para ser um voluntário em prevenção e situações de desastres.

 

Fundo de Reconstrução do ICom

Entenda como funciona

O que é o Fundo Comunitário de Reconstrução?

Trata-se da soma de esforços e investimentos de diversos atores sociais, no socorro a uma região em situação de calamidade. Foi instituído com a finalidade de ordenar e tornar mais eficiente a aplicação dos recursos doados por empresas, instituições, e indivíduos, no socorro às vítimas das enchentes de Santa Catarina, em 2008-2009. O Fundo Comunitário de Reconstrução é uma iniciativa do ICOM – Instituto Comunitário Grande Florianópolis, organização sem fins lucrativos, que articula e qualifica o investimento social de pessoas físicas e jurídicas, fortalecendo a rede social local.
Com espírito inovador utiliza ferramentas de gestão e, tem por referência, as organizações mais avançadas de diversos países do mundo, no sentido de planejar e qualificar o investimento em projetos sociais e ambientais.

O que significa a instituição do Fundo?

O Fundo representa um importante avanço na área de investimento social. Possibilita a aplicação de recursos, oriundos de diversos agentes, de forma rigorosamente contabilizada e auditada garantindo resultados eficazes.

O que torna o Fundo mais eficiente?

Os fundos geridos pelo ICom oferecem aos participantes a certeza de uma administração correta e planejada dos investimentos. Como instituição baseada na região, o ICom tem conhecimento da realidade local. Assim, além de reduzir os custos operacionais dos investimentos, garante o aporte àqueles que mais precisam.

Como isso funciona na prática?

O fundamento é a união de esforços em torno de um objetivo comum. O somatório de recursos será aplicado segundo o Plano de Investimento, elaborado e gerido pelo ICom. As empresas, instituições e pessoas físicas participam com aporte financeiro. Os programas são executados em parceria com outras organizações locais que agregam o valor e ampliam a capacidade de impacto das ações desenvolvidas. Todo o processo é monitorado e avaliado, com a participação de auditores independentes.

A inovação que faz toda diferença

A ação do ICom através do Fundo Comunitário de Reconstrução vai muito além da assistência pura e simples. Durante as situações de catástrofe, a parte mais visível à sociedade são os dramas das famílias que tudo perderam. Essas, certamente precisam de apoio e recurso para recomeçar suas vidas. Pessoas que viram desaparecer subitamente seus referenciais mais básicos. Além disso, é preciso garantir que crianças e adolescentes contem com organizações que garantam sua proteção e que sejam capazes de minimizar os impactos psicológicos e físicos decorrentes de desastres naturais.
Algumas Organizações e outras instituições locais, que já atendiam pessoas em situação social de risco, também tiveram suas infra-estruturas atingidas. Nesse quadro, o investimento planejado do Fundo Comunitário de Reconstrução tem o maior impacto, ao pensar além dos problemas imediatos. Por esse principio, o Fundo dá condições de atuar em duas frentes: primeiro, atendendo às situações emergenciais; segundo, agindo estrategicamente, ao preparar a sociedade civil, cidadãos e organizações para responder de maneira mais eficaz às emergências que possam surgir.